Guia de Viagem: Beto Carrero World – Penha/SC

Viagens

Já faz algum tempo que escrevi este post, mas não sei porque ele estava aqui perdido nos rascunhos do Blog e eu nunca Postei pra vocês!
Há aproximadamente 5 anos que, fielmente, todo mês de janeiro durante as férias da nossa família, vamos passar ao menos um dia em BCW. Decidi fazer este post pois pode-se considerar que tenho uma certa experiência no assunto (sou MUITO experiente, só que não! rsrs).

Ano: 2010, 2008 e 2011

Então, para ajudar quem vai passar um dia por lá a aproveitar melhor o passeio, decidi fazer este post!

Vamos lá?

  • Considerações Iniciais
  1. Verifique os dias e horários de funcionamento do parque (AQUI), principalmente se você for fora de temporada.
  2. Durante a alta temporada evite os finais de semana, por minhas experiências anteriores, acredito que o melhor dia para visitar o parque é a segunda ou terça-feira e às vezes a quarta-feira também.
  3. Não importa a época que for, chegue antes do parque abrir!
  4. Como já é de se esperar, saiba que as coisas dentro do parque possuem um valor mais elevado, principalmente a comida.
  5. Use uma roupa confortável, de preferência que seque rápido e que não fique transparente – existem brinquedos que molham e você pode sair ensopada(o)!

Dica: Vale dizer que o estacionamento deve ser pago separadamente, e se você quiser um bom lugar para estacionar chegue cedo pois ele costuma lotar!

  • Ingressos: Onde Comprar?

DSC08786
Ano: 2012

Existem basicamente 3 (três) maneiras diferentes para você conseguir o seu Passaporte de Acesso ao Parque. São elas: nas bilheterias do parque, numa agência de viagens ou pela internet no próprio site do BCW.

Nas duas primeiras vezes que fui lá, comprei os ingressos na bilheteria do parque e demorou bastante pois as filas são gigantes mesmo nos dias menos lotados, pois as pessoas sempre deixam para comprar lá. Então, se você não quer perder tempo em mais uma fila, já vá com o seu passaporte comprado e assim você também não precisará chegar tão cedo.
Mas, se não tiver jeito, e você tiver que comprar seu passaporte no parque chegue cedo ao menos 1 (uma) hora antes do parque abrir – ele abre às 9:00 da manhã e as bilheterias às 8:30 – e não se esqueça que também tem a fila das catracas de acesso.
Das últimas vezes que fui, já fui com o passaporte comprado – comprei em uma agência de viagens autorizada – e é muito melhor, pois você chega e já vai  para a fila das catracas de acesso mas, é lógico que se você chegar depois que o parque abriu não haverão mais filas mas, aí você já perdeu um bom tempo e, talvez não consiga aproveitar o parque da forma que deveria, pois um dia inteiro já é pouco, imagine um dia pela metade!?
Nunca comprei o passaporte pela internet, mas acredito que não haja problema algum pois você compra direto no site do parque (AQUI).
Por fim, vale lembrar que os preços são os mesmos, de qualquer modo que você compre, pagará o mesmo valor (ás vezes tem promoções exclusivas para quem compra on-line).

    • Descontos Especiais para ESTUDANTES e IDOSOS (a partir de 60 anos) e Entrada Franca para ANIVERSARIANTES

    No BCW estudante também tem desconto de 50% para comprar o seu passaporte, porém, somente nas quartas-feiras e quintas-feiras e, se eu não me engano, somente durante a temporada. Das 2 (duas) últimas vezes que visitei o parque comprei o ingresso de estudante na agência de viagens e, paguei somente metade do valor integral do passaporte, e antes que restem dúvidas, eles existem SIM, embora no site não tenha para comprar (acredito que só venda nas agências de viagem autorizadas e nas bilheterias do parque).

    Idosos, ou melhor, maiores de 60 anos também tem desconto no passaporte para o parque, mas o valor do desconto varia de época em época. Você pode comprar o ingreso on-line (AQUI)!
    Acredito que nem todo mundo saiba, mas, Aniversariante tem entrada franca para o parque, porém somente no dia do seu aniversário. Assim que chegar ao parque apresente-se munido de identidade ao stand de informações logo após a porta do castelo. Eles te levarão para um outro local onde você ganhará um “Pin” de aniversariante que te dá passagem livre e atendimento prioritário, ou seja, você não precisa ficar na fila das atrações.

    Dica: Para conseguir os descontos você deve apresentar um documento de identidade com foto e no caso do passaporte de estudante, você deve apresentar sua carteirinha e esta deve conter data de expedição e de expiração (validade). Caso contrário você será barrado na portaria.

    • PARQUE 

    Na foto da Big Tower a Carol é a terceira da esquerda para a direita. Ano: 2009 e 2012

    Não importa qual seja o perfil do seu grupo, garanto que você encontrará atrações que agradem a todo mundo.
    Além das atrações já inclusas no passaporte, você encontra opções de atrações pagas como o Kart, o Quadricíclo e o Portal da Escuridão… dentre outras.

    Para que você consiga aproveitar melhor o parque, a escolha do dia da visita é muito importante, pois, ao menos durante a temporada, o parque fica muito mais lotado nos finais de semana e algumas vezes às quintas-feiras e quartas-feiras também.

    Este ano, fui em uma quarta feira e, nunca, em todos esses anos que estive por lá ví o parque tão lotado. Estava até chato de tão lotado. Vários Shows que possuem apenas uma apresentação diária, tiveram 2 sessões! Só pra vocês terem uma noção: ficamos mais de 1 hora na fila da Raskapuska, 2 horas na fila da Fire e 1 hora e 40 minutos na Big Tower.

    Assim que abrem as catracas todo mundo já corre para a fila da FIREWHIP, em dias muito lotados e se você conseguir chegar na frente até que é uma boa, mas se o seu caso não for esse, lá pelas 11:30 até +/- 12:40 a atração costuma ficar com pouca fila (uma das vezes que fui e fiz isso, estava praticamente sem fila). Porém, se o parque estiver lotadíssimo no dia que você for, talvez isso não funcione tanto como deveria, porque neste caso nada vai dar jeito.

    Dica: Se você quiser registrar toda sua coragem de enfrentar a Fire Whip, não se preocupe, assim que sair da atração terá um quiosque do seu lado direito, lá você poderá comprar uma foto ou o DVD com aquelas suas caras e bocas “ótimas” que você faz durante todo o percurso… A Carol tem o dela e é pavoroso (que ela não leia isso)… rsrsrs Detalhe totalmente em Off, foi bem na 1ª Temporada da Fire e pra ela conseguir o vídeo teve que ir 4 vezes pois toda hora o chip do carrinho dela (mesmo sendo outro) dava “tiuti”. Acho que ela venceu por pura e espontânea pressão… ;D

    A Fire é o brinquedo mais “cobiçado”, mas tem muitos outros brinquedos legais como por exemplo: Big Tower, tem a outra montanha russa a Star, tem o Império das Águas, o Tchibum (o meu predileto se não molhasse tanto), enfim… são muitos brinquedos legais!

    Ano: 2012  

    Não se esqueça de dar uma passadinha na Ilha dos Piratas, mas de brinquedo, lá, só há o Barco Pirata, mas vale pelo visual. Aproveite e saia pelo outro lado da ilha e pegue o Teleférico para atravessar o parque e admirar a vista.

    Dica: Para evitar filas tente fazer o percurso no sentido anti-horário, isso pode ajudar.

    • SHOWS

    Há vários shows distribuídos em várias áreas do parque. É importante que você fique atento aos horários de cada atração e se programe para chegar com um pouco de antecedência (aproximadamente 20 minutos) para conseguir um lugar bom para assistir o show e evitar as filas “enooormes” que se formam no horário previsto para o show!

    Ano: 2012

    Ainda vale dizer que existem shows que devem ser pagos separadamente como por exemplo o Excalibur (fica na Vila Germânica), que é um show com almoço (você deve comprar seu “ingresso” antecipadamente pela internet, com sua agência de viagens, na bilheteria do parque ou com os vendedores que andam pelo parque – não se preocupe em como irá encontrá-los, eles gritam e andam fantasiados do tema do show, ao ver um você não terá dúvidas).

    Não cheguei a assistir a versão com almoço, mas quando fui e era somente o show e era bem legal. O único ponto ruim, era a poeira que os cavalos levantavam… e se você tem rinite assim como eu ou algum outro “ite” pode se sentir incomodada. No entanto, mesmo assim, com meus “ites” todos, quero assistir a nova versão… pois o show passou por uma reformulação e quem sabe deram um jeito naquele pó todo?! – Dedos cruzados…

    Dos shows “grátis” (entre aspas pois você com certeza já pagou por ele) o Melhor, sem dúvida alguma, é o Extreme (que em breve será reformulado e se chamará “Velozes e Furiosos”), é muito emocionante e contagiante, tem horas que você chega a se arrepiar e sente até um frio na barriga! Sem contar que esse show é muito animado e super divertido, não perca esse show por nada!

    Ano: 2009

    Esse Show da Monga, não acho que poderia ser chamado de show… creio que todo mundo já foi nesse show em algum parque ou circo… esse é bem igual, mas, com uma qualidade um pouco melhor. Vale dizer que não tem nada de extraordinário. Fui nesse show apenas em 2009 e foi porque não tínhamos o que fazer e queríamos ocupar o tempo. Esse dia foi hilário, nós estávamos em um grupo de 10 pessoas e meus primos  (os dois são casados e teem mais de 30 anos) gritavam lá dentro: “Sapateia Monga feia!” e davam umas risadas imitando o carinha do extinto show “Africa Misteriosa” que era muito bom, mas todo ano era a mesma coisa…. De vez nós nos assustarmos com o “macaco” o “macaco” se assustou com a gente… hahaha Calma, não fizeram nenhum vandalismo só que todo mundo correu e a gente ficou lá com cara de “é só isso?”… bom, os detalhes contro em uma próxima oportunidade.

    Ah, uma última ressalva: tiramos a foto com a moça porque estávamos andando pelo parque depois do show aí meu primo viu ela e gritou “Sapateia Monga feia! é você!!!” E ela rachou de rir né! Aí ele pediu pra tirar uma foto pra provar que ela não era feia como o macaco… enfim, coisas do Sr. Fernando.

    Outro Show bem legal é o Show de encerramento, chama-se O SONHO DO COWBOY  e conta a história do Beto Carrero, com um toque mágico… é muito lindo esse show! Esse Show dosa muito bem o humor e mexe também com o nosso emocional. Assim que ví pela primeira vez, foi logo após a morte do Beto, me emocionei e até chorei, pois já havia assistido tantos outros em que o próprio Beto participava, empinava seu cavalo e agradecia aos fãs, fora que tenho váárias filmagens dele desfilando pelo parque na parada de encerramento… e a partir daquele dia caiu a minha ficha de que isso ficou apenas na minha memória… não me considero fã dele mas é inegável reconhecer que ele foi “o Cara”!

    Se você tiver que optar por um ou outro show, os que eu acho que são imperdíveis são o EXTREME e o O SONHO DO COWBOY.

    Dica: Como já disse anteriormente, se o show lotou e muita gente ficou pra fora, fique atento que provavelmente terá outra sessão.


    •  ZOO 
    (Sim, aquela na boca do Leão sou eu! XD) Ano: 2012


    BCW não é só parque de diversões, lá tem um zoológico muito lindo com muitos bichinhos. *-*
    A minha parte preferida é a parte dos felinos (amo felinos) gente sou muito descontrolada, vejo aquelas onças, leoas, tigre, leão… tenho vontade de apertar e morder morder morder…
    Esse ano a parte do Zoo e da Vila Germânica me surpreenderam, estava tudo de cara nova, deram uma boa repaginada nos dois locais, e olha que o Zoo estava precisando muito de um bom paisagismo!
    Aconselho deixar o Zoo por último, ou para depois do almoço  enquanto a comida faz digestão… assim você não perderá tempo de ir nos brinquedos por ficar admirando os bichinhos e esquecer da vida!

    • ALIMENTAÇÃO

    A maior variedade de restaurantes você encontra na praça de alimentação, assim que você passa pelas catracas e atravessa a porta você verá uma grande estrutura redonda à sua frente, esta é a praça de alimentação.
    Há também, pequenos restaurantes e fast foods distribuídos pelo parque; você encontrará um na Ilha Pirata, um na área do Faroeste, um na Vila Germânica (que serve comida caseira típica alemã e Chopp Heineken – muito bom por sinal – só não vale encher a cara e depois ir na montanha russa) nele você paga um valor e come o quanto desejar, ainda há a Anjos à Gula (um café que serve cafés, chás, doces e salgados (bem bons) dentre outras gostosuras, adoro chegar ao parque cedinho e ir lá tomar um chocolate quente (tem uma no Castelo, uma na praça de alimentação e outra no parque próxima àquela loja em formato de Chapéu gigante e aos estábulos onde ficam alguns búfalos e cavalos) apenas acho que a do parque merece uma repaginada, calma, não está caindo os pedaços está super arrumadinho, mas é bem antigo).
    Vale ainda dizer que por todo o parque você encontra quiosques que vendem sorvetes, salgados, refrigerantes, água e outras baboseiras.

    Ano: 2012

    Se não me engano, na praça de alimentação há um restaurante que chama Marinheiro (fica um senhor vestido de marinheiro na frente) e lá eles ofereciam almoço grátis aos motoristas das excursões, bastava apenas apresentar o crachá (alguém sabe se ainda continua?). 
    Quanto ao preço, se você mora no interior como eu, irá achar um pouquinho salgado como por exemplo R$: 3,50 uma água que aqui eu pago R$: 1,00/1,20.

    Bom meninas, é isso aí, espero que tenham gostado do post!
    Qualquer dúvida mande um e-mail ou pergunte aqui nos comentários que eu ficarei feliz em respondê-las.
    Beijos

    Compartilhe!

    10 Comentários em “Guia de Viagem: Beto Carrero World – Penha/SC”

    1. Muito boa suas dicas!!
      O Beto Carrero é muito bom!!!
      Visitei o parque em março depois de alguns anos sem ir.
      Me hospedei na Casa Mirian Santa Catarina, lugar muito bacana com preço justo, tudo impecável!
      Recomendo para quem vai para o parque ou para as praias de Penha

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *